domingo, 16 de outubro de 2016

Atenção Terceirão Thomás Fortes !!! 10 dicas para você ter êxito na redação do ENEM.



1. A mais útil e importante de todas as dicas: Mantenha a calma. De nada adianta se desesperar, afinal de contas, o nervosismo atrapalha o desenvolvimento de qualquer atividade. Comece a prova pela matéria que você conhece melhor os conteúdos, não há nenhum problema em começar a prova pela redação;

2. Descanse na véspera da prova. Tentar estudar todos os conteúdos que você negligenciou durante anos só vai trazer ainda mais nervosismo, portanto, relaxe e evite muitas leituras no dia anterior ao exame;

 3. Leia todos os textos de apoio e destaque as informações que considerar relevantes para embasar seus argumentos. A partir desse momento, você já estará planejando seu texto;

4. Em edições anteriores, a mídia noticiou exaustivamente o comportamento reprovável de alguns candidatos, que levaram para a prova de redação trechos de hino de time de futebol e até mesmo receitas de macarrão, entre outras maluquices que foram interpretadas como deboche e desrespeito. Contamos com seu bom senso, pois o Enem é um exame sério, portanto, nada de brincadeiras;

5. Caso seu texto não esteja de acordo com o tema proposto, ele será configurado naquilo que os corretores entendem como “fuga ao tema”, e provavelmente o projeto “nota 1.000” do Enem irá por água abaixo. A “fuga ao tema” é avaliada de maneira implacável: nota zero para quem não ficar atento à proposta;
 6. Texto muito curto geralmente está associado à falta de conteúdo, e para a falta de argumentos só há um remédio: doses cavalares de leitura. Nada de ficar enrolando o texto, isso também prejudica sua redação. Comece elaborando uma lista sobre os aspectos que você pretende adotar. Essa técnica vai garantir que você não se esqueça de nenhum tópico importante;

 7. Assim como assumem um papel de norteadoras para os candidatos, as coletâneas também podem ser uma espécie de armadilha, pois muitos estudantes copiam ou parafraseam os textos que abrem o tema da redação. Nesses casos, a redação é anulada, pois entende-se que o candidato plagiou outros autores. Das coletâneas, extraia apenas dados estatísticos ou citações que estejam feitas de maneira expressa no texto;

 8. Atenção à norma culta, pois erros ortográficos e gramaticais te deixarão distante da pontuação máxima. Atenção quanto ao uso do verbo haver (vilão indiscutível), uso dos pronomes relativos, uso dos pronomes demonstrativos, concordância verbal, pleonasmos, pontuação e coloquialismo, falhas consideradas corriqueiras pelos corretores;

9. Você conhece princípios como cidadania, igualdade, liberdade e diversidade? Provavelmente sim, por isso, respeite-os quando for construir seus argumentos, pois o comportamento contrário é uma das razões para ter a redação do Enem zerada. Lembre-se de que uma das maiores características do exame é a preocupação com aspectos humanistas e sociais;

 10. Conclua suas ideias e apresente uma proposta de intervenção social relacionada com o tema. A conclusão é o momento em que o candidato retoma e reforça seus argumentos, reafirmando a postura adotada ao longo do texto.

Dica das dicas: Para seguir nossas dez dicas de redação para o Enem, é preciso, em primeiríssimo lugar, entender que sem o hábito de leitura elas não fazem o menor sentido. Não existem mágicas para se fazer um bom texto: ler sempre e bastante torna tudo mais fácil, até mesmo a redação do Enem.

Nenhum comentário :

Postar um comentário